Fotógrafa viaja por 25 horas só para poder encontrar os quokkas, os marsupiais mais fofinhos da Austrália

ANÚNCIO
ANÚNCIO

A fotógrafa russa Kristina Makeeva conta que quando viu uma imagem aleatória de um quokka na internet, foi amor à primeira vista.

ANÚNCIO

Os quokkas, – uma espécie de marsupial endêmica (nativa) da Austrália, ficaram famosos por sua fofura e baixa estatura.

“Meu marido disse que eu me parecia mais com eles do que com qualquer outra coisa,” brinca Kristina.

Após passar a noite inteira pesquisando sobre eles, ficando cada vez mais admirada com as fotos dos bichinhos, ela decidiu, no impulso, que iria para a Austrália conhecê-los pessoalmente.

ANÚNCIO

“Fui mais por causa deles do que qualquer outro [animal], embora muitos animais da Austrália sejam incrivelmente fofos”, diz.

Os quokkas vivem nas ilhas de Rottnest, Bald, Penguin e alguns locais isolados da Austrália Ocidental, onde não há raposas e gatos – os únicos lugares na Terra onde ainda vivem.

ANÚNCIO

No continente, os quokkas eram comidos por todos que podiam comê-los – eles são pequenos e bastante indefesos.

ANÚNCIO

Kristina voou durante 25 horas para poder vê-los e velejou outras 2 horas numa balsa.

A fotógrafa diz que valeu a pena. “Mais feliz do que eu, [não tem ninguém].”

Não se pode tocar nos quokkas, mas quando eles mesmos estão pressionados contra você, no seu rosto, você não consegue pensar em nada mais agradável.

“Já sinto falta deles…”


Gostou da matéria? Compartilhe este artigo. Isso nos ajuda a espalhar bons conteúdos nas redes sociais. Obrigado!

Tradução e adaptação por Portal do Animal, escrito por Gabriel Pietro, da matéria originalmente criada por Bored Panda.