Uma família quase confundiu uma filhote de cachorro com um rato! Imagine o quão pequena ela deveria ser.

Foi o que aconteceu com Pumpkin quando ela foi acolhida pelo casal Alicia e Tre. Eles encontraram a cadelinha espremida sob a cerca de sua casa.

“Ela estava tão pequena e desnutrida que nosso primeiro pensamento foi que um rato grande havia ficado preso na cerca”, comentou Alicia.

Ao chegar mais perto perceberam a situação do animal e viram que ela precisava desesperadamente de ajuda.

Alicia sabia que aquela filhote não teria muitas chances de sobrevivência caso fosse deixada de lado.

Pumpkin foi levada ao veterinário pelos seus novos pais. Lá, foi lhes informado que ela não sobreviveria nem mais 2 dias naquele estado.

A pequena passou a fazer uma dieta hipercalórica e antibióticos para tratar alguns probleminhas de saúde que ela tinha.

Apesar de seu começo de vida difícil, Pumpkin sempre foi muito feliz. Ela tinha aquele espírito inocente e brincalhão dos cães, sabe?

Sua felicidade era tão contagiante que seus pais até passaram a sorrir mais por causa dela. Pensa numa cachorrinha carinhosa!

O casal tem outra cachorra chamada Laila que adorou receber uma nova irmãzinha.

Pumpkin cresceu e hoje mantém a aparência de um pit bull comum, com um pequeno detalhe: Ela é bem menor do que se espera da raça, provavelmente por causa da fase de desnutrição no começo de sua vida.

Veja mais sobre a história de Pumpkin no vídeo abaixo: