Filhote de 9 meses “condenado” pelo único crime de puxar demais a sua coleira

ANÚNCIO
ANÚNCIO

Existem alguns casos de adoções que acabam com resultados dramáticos, e a história que vamos conhecer hoje é um desses casos. O abrigo, SOS Animaux en détresse, conta-nos a infeliz história de Nuts. Depois de ter sido adotado do abrigo, o cachorrinho surdo encontrou uma família para cuidar dele.

ANÚNCIO

No entanto, em uma postagem dolorosa no Facebook, o abrigo revela que Nuts foi eutanasiado, sem seu conhecimento. Tudo porque o jovem filhote, muito entusiasmado, puxou demasiado a coleira e acabou por deitar seu dono no chão.

ANÚNCIO

Quando ele tinha apenas 9 meses de idade, com toda a vida pela frente, foi morto por estar um pouco mais energético que o normal. Qualquer uma pessoa que tenha tido cães pequenos, sabe perfeitamente que eles transbordam energia, quando são jovens.

O abrigo continuou sua postagem da seguinte maneira:

“Você nos prometeu fazer tudo para o ajudar a melhorar apesar de sua surdez! Você que viajou quilómetros para o adotar. (…) Você optou pela eutanásia, porque durante uma caminhada ele fez você cair e você quebrou algumas costelas. Ele tinha apenas 9 meses de idade. Ele tinha tudo para aprender! Você preferiu tirar-lhe a vida em vez de o fazer retornar à associação conforme acordado em seu contrato em caso de problemas. Ele era jovem, fofo, brincalhão, cheio de vida e saudável.”

ANÚNCIO

Aqui pode ver  o post completo, que se refere a uma petição contra a eutanásia de conveniência.

Nuts tinha uma vida inteira pela frente, no entanto ele foi parar às mãos erradas e isso quebra nossos corações. Possuir um animal de estimação é uma responsabilidade enorme. Nossos patudos não são meros objetos que podem ser “descartados” a qualquer momento.

Descanse em paz cachorrinho!

ANÚNCIO

Você gostou desta matéria? Conhece alguém que a gostaria de ler? Compartilhe este artigo. Isso nos ajuda a espalhar bons conteúdos nas redes sociais. Obrigado!

Fonte: laowl