Família devolve cachorrinha que haviam adotado de novo ao abrigo após decidirem mudar de casa

ANÚNCIO
ANÚNCIO

“Diz-se que até para ser cão é preciso ter sorte. A cachorrinha Atena não teve sorte nenhuma”. Assim começa o relato da ONG ‘Ajuda a Alimentar Cães’, entidade de amparo e resgate sediada na Ilha da Madeira, em Portugal.

ANÚNCIO

Atena foi devolvida nesta quarta-feira (24) na sede do abrigo após dois anos de acolhimento. E foi com a desculpa mais habitual de sempre… “A família disse que se mudaria de casa e não poderia levá-la consigo”, lamentou a ONG.

“Quando se ouve a palavra devolução, sente-se um misto de raiva e tristeza. Quem os devolve tem sempre muita pena e lamenta sempre. Para combater as devoluções, tentamos ser rigorosos na escolha dos adotantes. E mesmo assim há sempre adotantes que nos desiludem.
O regresso da Atena é devastador. Ela está numa jaula sem perceber o que está a acontecer”, complementou a entidade.

ANÚNCIO

Leia também: Cachorrinho que perdeu os olhos por negligência passa por cirurgia plástica em abrigo

É realmente lamentável, uma vez que a cachorrinha, nas palavras dos cuidadores, é muito calma e meiga. “Bom, agora é urgente e importante encontrar uma nova família para esta menina passar o menos tempo possível aqui fechada”.

Não adotem animais se não há garantia de responsabilidade, empatia, compaixão, tempo, amor, condições financeiras e noção que a adoção é um compromisso para toda a vida.

ANÚNCIO

O desabafo da ONG Ajuda a Alimentar Cães foi compartilhado mais de 3 mil vezes em menos de 24 horas. Muitos internautas se disseram revoltados com tamanho descaso com a cachorrinha. Confira alguns comentários abaixo:

#1

ANÚNCIO

#2

Leia também: Cadelinha idosa é acolhida por família e faz amizade com vovô que sofreu AVC: ‘Tem ajudado ele’

#3

#4

#5

Você pode seguir a associação de amparo portuguesa no Facebook clicando aqui.