Família dá ordens a veterinário para sacrificar cachorro, mas em vez disso ele decide salvá-lo

ANÚNCIO
ANÚNCIO

Uma família decidiu entregar seu cachorrinho, chamado Deebo, para que fosse abatido. No entanto, o Dr. Eric Setzer, proprietário do Lesslie Animal Hospital em Rock Hill, sabia que não poderia fazer isso. Em vez disso, ele decidiu salvar a vida do cachorro.

ANÚNCIO

“Recebemos um telefonema sobre um cão que tinha um tumor no rosto e tinha apenas 5 anos de idade. Isso chamou minha atenção, porque os cães com essa idade não são eutanasiados com muita frequência.”, disse Setzer.

Quando Deebo chegou, Setzer pôde ver que o cachorro estava em mau estado. O cão estava emaciado, tinha problemas de pele e infecções em ambas as orelhas. Em relação ao seu rosto, o patudo tinha vários abscessos e não um tumor.

Segundo Setzer, todos os problemas do cãozinho eram tratáveis!

ANÚNCIO

Setzer entrou em contato com um grupo de resgate local, Carolina Big Hearts Big Barks Rescue, que concordou em ajudar na angariação de fundos, para pagar as contas médicas de Deebo.

ANÚNCIO

O patudo ficou no hospital veterinário por cerca de três semanas, o que lhe deu muito tempo para se relacionar com o homem que o salvara.

“Ele é um daqueles cães realmente preguiçosos.”, disse Setzer. “Tudo o que ele quer é ser acariciado e amado. Ele simplesmente se inclinou para mim e foi muito, muito doce.”

ANÚNCIO

Deebo não foi o primeiro animal que Setzer salvou da eutanásia

Em 2014, Setzer resgatou um Pit Bull, chamado Snoop, que agora é o cachorro da família dos Setzers.

“Seu dono o trouxe quando ele tinha alguns meses”, disse Carly Setzer, filha de Eric Setzer.

“Não tínhamos certeza sobre toda a situação, mas ele precisava ter a perna amputada.”, disse Carly. O seu dono não queria pagar por sua cirurgia e pretendia recorrer à eutanásia. Felizmente, o homem de bom coração estava lá para salvar o dia!

No ano passado, Setzer também salvou um gato chamado Ollie, a quem Carly acabou adotando. “Foi uma situação muito semelhante.”, disse a mulher. “Ela precisava ter a perna amputada, mas seu dono não queria ter que pagar por isso.”

“Estou muito orgulhosa do meu pai.” , acrescentou Carly Setzer. “Ele é super amoroso em relação a todos os animais.”

Enquanto Setzer está sempre feliz em resgatar animais, ele enfatiza a importância de ser um dono responsável.
“Se você receber um animal, se certifique de ter os meios financeiros para cuidar dele, não importa o que aconteça.”, disse Setzer.

Entretanto, Deebo continua sua processo de recuperação e, em breve, será reencaminhado para uma família responsável e amorosa!

“Deebo se sairia bem em qualquer casa.”, disse Suzanne Blocker, vice-presidente e co-fundadora da Carolina Big Hearts Big Barks Rescue. “Ele é amigo de outros cães, indiferente aos gatos e é um grande animal de aconchego. Ele acha que ele é um cachorro de colo.”

Graças a Setzer o cão adorável teve uma segunda chance na vida… Esperemos que ele continue com o bom trabalho.


Gostou da matéria? Compartilhe este artigo. Isso nos ajuda a espalhar bons conteúdos nas redes sociais. Obrigado


Fonte: Dog WorldHistórias com valor