Estas são as últimas fotos da lendária 'Rainha Elefante' antes de sua morte | Portal do Animal

Estas são as últimas fotos da lendária ‘Rainha Elefante’ antes de sua morte

Os elefantes são uma das criaturas mais majestosas que caminham pela Terra. Apesar de ter medirem cerca de três metros de altura e chegarem a pesar 6000 kg, eles são conhecidos por serem gentis, empáticos e totalmente baseados em relações familiares.

Infelizmente, existem pessoas que não veem a natureza gentil desses animais – eles veem apenas o lucro.

Um relatório batizado de “Salve os Elefantes”, encomendado por ONGs e entidades filantrópicas chegou à conclusão que a população mundial de elefantes foi reduzida em 62%. O relatório também informa que a crescente demanda por marfim no Extremo Oriente é a principal razão para a caça furtiva.

Esta ‘Rainha Elefante’ sobreviveu por mais de 60 anos

Como o número de elefantes despencou ao longo dos anos, muitos países vem fazendo um grande esforço na conservação de seus animais. As ONGs Tsavo Trust e a Kenya Wildlife Service são apenas algumas de muitas organizações cuja missão é conservar e administrar a vida selvagem da região.

Leia tambémDesenhista perde cachorros devido à doença e cria ilustrações deles para lidar com o luto

As duas organizações fizeram uma parceria com o fotógrafo britânico Will Burrard-Lucas para mostrar a beleza da natureza e os animais em Tsavo.

O fotógrafo recentemente compartilhou a sessão fotográfica em seu blog, detalhando os esforços de conservação dos elefantes. O assunto central das fotografias de Burrard-Lucas, no entanto, era algo que realmente se destacava da multidão de outros elefantes.

“Se houvesse uma rainha dos elefantes, certamente teria sido ela”, explicou Burrard-Lucas. O fotógrafo se referia a “F_MU1”, uma extraordinária elefanta com duas presas enormes. Ela é um dos poucos elefantes conhecidos como tusker (ou super-tusker), um tipo de elefante que possui propriedades genéticas que lhe conferem grande tamanho e grandes presas. Eles são raros, especialmente considerando o fato de que caçadores ilegais matam elefantes para coletarem suas presas.

A elefanta era magra e bem velhinha, mas imponente e majestosa. Suas presas eram tão longas que raspavam o chão enquanto caminhava. Ela era como uma relíquia de uma época passada”, relembra o fotógrafo, sobre a primeira vez que ele colocou os olhos na Rainha Elefante.

Ela viveu por mais de 60 anos e levou uma vida pacífica, conseguindo evitar problemas. “Seu temperamento era gentil e calmo. Às vezes ela chegava tão perto de mim que eu poderia tocá-la”, relata o fotógrafo.

Veja o vídeo que detalha o ensaio fotográfico:

Leia tambémHomem viaja 4500 quilômetros para salvar pitbull de ser sacrificado


Gostou da matéria? Compartilhe este artigo. Isso nos ajuda a espalhar bons conteúdos nas redes sociais. Obrigado!

Tradução e adaptação por Portal do Animal, escrito por Gabriel Pietro, da matéria originalmente criada por Bored Panda.

Estudante se torna ‘mamãe’ de um burrinho que só precisava de carinho
Exausto e de olhos lacrimejantes. Urso polar aparece em cidade na Sibéria
Jovem recebe visita “mágica” de pequena borboleta e comove as redes sociais
4 quadrinhos hilários explicando porque os gatos são melhores que os cachorros
Motorista perde o controlo e derruba 11 postes no interior de SP ao desviar de cachorro
Foto de cachorro abraçando seu amigo em abrigo viraliza e acaba salvando as suas vidas
Cachorro perdido pede ajuda em farmácia e recebe o melhor atendimento que podia imaginar
Cachorro abandonado com cadeirão e TV pensava que seu dono voltaria para pegar ele
Gato se esconde em carro e aparece no velório de dona que morreu em acidente de ônibus
Morreu Grumpy, o gato que inspirou milhões com seus memes na Internet
Gato estraga fones de ouvido, dono reclama, e ele volta com uma cobra como “substitutivo”
Gatinha recém-nascida não para de sorrir após ser resgatado das ruas