Em vídeo revoltante, burros são forçados a transportar turistas contra sua vontade na Grécia

Na Ilha Grega de Santorini, surgiu uma revoltante gravação, mostrando burros sendo espancados, maltratados e forçados a transportar turistas obesos.

Em uma tentativa de melhorar o bem-estar dos animais, no ano passado o governo grego aprovou uma lei que proíbe qualquer passageiro com mais de 100 kg de montar burros.

Porém, segundo o grupo de direitos dos animais “PETA”, os burros estão sendo maltratados pelos turistas e seus proprietários. Eles também acusaram as autoridades gregas de encobrir o que chamam de tratamento “cruel” de animais no turismo popular da ilha.

Eles são forçados a levarem turistas com excesso de peso e em temperaturas elevadas, pelos 500 degraus do porto da ilha até sua capital, Fira.

O grupo também tentou iniciar uma campanha publicitária, mas foi impedida pelas autoridades e não será mais visualizada nos ônibus e táxis. Ela apresentava um burro exausto ao lado das palavras “Os burros sofrem para os turistas. Por favor, não andem neles”.

Leia Também: Burro é resgatado de maus tratos incríveis depois de 12 mil pessoas assinarem petição online

O vídeo, que foi filmado em setembro, mas divulgado essa semana, também mostra burros tropeçando nos degraus enquanto se cansam e colocando em risco turistas próximos subindo a pé.

Durante o intervalo entre os passeios, os burros são presos e expostos as altas temperaturas do sol, não tem água e são incapazes de mexer a cabeça para afastar moscas.

Assista ao vídeo abaixo:

O pior de tudo é que este tratamento é totalmente desnecessário, pois existe um teleférico totalmente funcional, localizado ao lado dos degraus, que podem transportar turistas com facilidade, não havendo a necessidade de utilizar os animais.

Ao longo dos anos várias campanhas foram feitas em uma tentativa desesperada de ajudar a salvar os burros de Santorini, mas nenhuma foi bem-sucedida. A “PETA” espera agora que, após a prova incontestável dos maus-tratos dos animais, o governo seja finalmente pressionado a tornar esses passeios ilegais.

A diretora da “PETA”, Elisa Allen, disse: “É uma vergonha que burros e mulas gentis ainda estejam sendo chicoteados e andando no chão enquanto são forçados a trabalhar dia após dia sem alívio do sol quente.

“A “PETA” está pedindo aos turistas que evitem esses passeios cruéis e requisitando que as autoridades gregas impeçam esse abuso”.

Ainda exitem 2000 burros vivendo nessas situações em Santorini.

Leia Também: Caminhoneiro interrompe o trânsito na estrada para salvar uma corça


Gostou da matéria? Compartilhe este artigo. Isso nos ajuda a espalhar bons conteúdos nas redes sociais. Obrigado!

Todos os dias, filhote de cervo espera cachorro na floresta para brincarem juntos
Esquilo ‘mafioso’ negocia nozes com vendedor em troca de sua ‘proteção’
Cachorrinha foge de casa para dar um ‘rolê’ com cervo na floresta
Baleia é encontrada morta em praia com mais de 100 kg de plástico em seu estômago
Pit bull recebe linda serenata do seu pai: ‘Ela estava adorando cada minuto’
Todos os dias, filhote de cervo espera cachorro na floresta para brincarem juntos
Cadelinha cuida de um galho por 5 anos como se ele fosse seu próprio filho
Cachorrinha recebe mais de 30 pedidos de adoção após salvar 5 gatinhos do frio
Cachorrinha recebe mais de 30 pedidos de adoção após salvar 5 gatinhos do frio
Voluntário transforma caixas térmicas descartadas em casinhas para gatos de rua
Caminhoneiro chora ao rever seu gato, após 2 meses separados: ‘Foi um milagre de Natal’
Menina não consegue sustentar gata e é forçada a deixá-la na rua com bilhete: ‘Adeus, Violet’