O elefante Kaavan foi apelidado pela mídia como o ‘animal mais solitário do mundo’. Após ser liberto do cativeiro e transferido para um santuário no Camboja, ele conseguiu fazer sua primeira amizade com outro elefante em quase uma década.

Ele vivia no Zoológico Marghazar, em Islamabad, desde 1985 e, desde que seu parceiro morreu em 2012, ele foi deixado completamente sozinho. Ativistas pelos direitos dos animais perceberam a situação de Kaavan e começaram uma grande campanha para mudar a vida do animal.

Organizações como a Four Paws International e a Free The Wild têm feito parte da campanha de libertação do elefante desde 2016. No início deste ano, o Tribunal Superior de Islamabad ordenou que o zoológico fosse fechado devido às más condições e que animais foram movidos.

Depois de muitos anos de esforços, Kaavan finalmente recebeu autorização do governo de Islamabad para ser transferido para um santuário. A ONG Four Paws cuidou da mudança de Kaavan, com a colaboração da cantora americana Cher (co-fundadora do Free The Wild).

Kaavan, hoje com 36 anos, começou sua longa e exaustiva jornada ao Santuário de Vida Selvagem de Kulen Promtep em Siem Reap no dia 29 de novembro. O processo de transferência não foi fácil, no entanto, graças a todo o esforço dos voluntários, o objetivo principal foi alcançado.

Leia também: Cachorro passa um mês em cais esperando sua família desaparecida retornar para buscá-lo

Cher há muito liderava o processo de libertação de Kaavan e, sem surpresa, estava esperando que ele o recebesse no Camboja. Desde sua chegada ao local, Kaavan se sente muito confortável com seu novo ambiente, e já o viram brincando com o balanço do pneu e se cobrindo de terra.

Mas o momento mais espetacular foi quando ele se aproximou de outro elefante, chamado Di Poh, e usou a tromba para cumprimentá-lo. O momento emocional foi capturado em vídeos e imagens, que mostram em detalhes o momento em que Kaavan consegue sua primeira interação animal.

Martin Bauer, porta-voz da Four Paws, disse em entrevista ao portal Daily Mail o seguinte: “Primeiro contato com um elefante em oito anos: este é um grande momento para Kaavan. Você finalmente terá a chance de uma vida pacífica e apropriada para a espécie. Ele tem um futuro muito brilhante pela frente”.

Os elefantes residentes no santuário não fazem amizade com um novo animal há seis anos, então também é algo novo para eles.

Pedro Vella, um dos trabalhadores do santuário, disse que as fêmeas se sentiram um pouco intimidadas com Kaavan, mas darão tempo para que se conheçam.

Depois de passar 35 anos de sua vida no Zoológico de Islamabad, Kaavan é um dos poucos elefantes a ser realocado de avião. Assim que Kaavan estiver ajustado em um ambiente controlado, ele será liberado em um santuário muito maior na província de Oddar Meanchey.

Assista ao vídeo: