ANÚNCIO

Em Junho de 2014, um grupo voluntário de tosquiadores de cães visitou um abrigo de animais na área mais movimentada de Tóquio, no Japão, após terem sido chamados para ajudar um cão de grande porte que tinha sido abandonado pelo dono e depois resgatado das ruas. Assim que viram o pequeno animal ficaram sem palavras quando viram o estado em que encontrava.

O pelo dele estava tão imenso, que era impossível ver os contornos do seu rosto e corpo. O pelo desgrenhado e sujo tinha-se transformado em ‘dreadlocks’ (“rastas”) ao redor do corpo e pernas, tão duras quanto uma carpete.

ANÚNCIO

Ninguém sabia há quanto tempo ele estava nesta condição, poderia estar há meses, possivelmente anos. Era impossível de acreditar que ele fosse, na verdade, um poodle.

cão recuperação inacreditável 1

Ele tinha sido claramente maltratado pelo dono antes de ser abandonado.

ANÚNCIO

cão recuperação inacreditável 2

O cão estava bastante inquieto no começo quando foi levado para fora, mas depois de cheirar todos os presentes, de forma curiosa a checar o cheiro de cada um, ficou no seus estado natural, calmo e amigável…mesmo depois de ter sido maltratado e abandonado. Talvez por ter percebido que todos ali presentes queriam ajudá-lo.

cão recuperação inacreditável 3

ANÚNCIO

E então a tosquia começou. Usando uma máquina de rapar, eles começaram por tirar o pelo à volta do rosto, cuidadosamente cortando a massa e procurando pelo raiz no meio do pelo.

cão recuperação inacreditável 4

Quando a equipa conseguiu remover um grande tufo de pelo em formato de bola, o pescocinho do cão finalmente apareceu.

cão recuperação inacreditável 5

De seguida, eles trabalharam na massa dura enrolada em volta do torço e na parte de baixo do corpo. O pelo emaranhado estava tão grosso, que eles rapidamente desistiram da máquina e tiveram de recorrer a um cortador de galhos de árvores. O pelo pesado e grosso foi lenta e cuidadosamente cortado.

cão recuperação inacreditável 6

A equipa de tosquiadores suou, trabalhando sem parar e lavando a sujeira e poeira que saía a cada corte.

cão recuperação inacreditável 7

E no final… este foi o cão “que apareceu” depois da transformação:

Ele está a aproveitar o seu novo e leve corpo e não parece querer parar de saltar e brincar. O cão mais tarde recebeu o nome de Ginta (“menino prateado” em japonês) por causa da cor do pelo. É tão maravilhoso vê-lo livre de todo aquele peso que carregava.

Ginta teve que aguentar meses de negligência e miséria, abandonado por um dono que não manteve a responsabilidade de cuidar de uma vida que lhe foi confiada. Fazer um bicho de estimação pagar o preço pela ignorância e irresponsabilidade do dono é simplesmente inaceitável e imperdoável. Mas infelizmente, muitos ainda ignoram o fato de que os cães são seres vivos que também sentem dor. Nós esperamos que Ginta tenha encontrado a família amorosa que ele merece.


Gostou da matéria? Compartilhe este artigo. Isso nos ajuda a espalhar bons conteúdos nas redes sociais. Obrigado

Você pode gostar: