GiGi é uma enorme coruja com chifres que foi encontrada à beira da morte após ser atropelada em uma estrada do Mississippi (EUA). Resgatada por pessoas que passavam por ali, ela foi levada às pressas para o abrigo da ONG Wild at Heart Rescue, abrigo especializado em animais selvagens.

Lá, constatou-se que a ave havia sofrido um traumatismo craniano, decorrente do atropelamento. “Este pássaro foi um dos casos mais críticos que já cuidamos”, disse Missy Dubuisson, fundadora da ONG.

“O fato de este pássaro ter sobrevivido está além da nossa compreensão”. GiGi foi submetida a um extensivo tratamento que durou meses, conduzido pelo médico veterinário Douglas “Doug” Pojeky, perito em aves de rapina.

“Em todos os meus anos de trabalho com aves de rapina, nunca vi alguém tão ligado a essas magníficas aves”, afirmou Missy. GiGi confiou em Douglas durante todo o processo, facilitando seu próprio processo de recuperação.

Meses depois, a coruja finalmente foi dada como apta para ser devolvida ao seu habitat natural. Ela pôde reencontrar sua família em um parque do estado de Michigan, nos Estados Unidos.

“Ela ficou muito feliz em ser solta. Antes disso, chorei ao vê-la interagir com os outros pássaros. Ela é um pássaro magnífico.

GiGi voltou para sua família e em breve, deve formar a dela também, uma vez que está no período ideal para acasalar e ter sua própria ninhada.

Saiba mais assistindo ao vídeo abaixo:

Matéria escrita por Gabriel Pietro em exclusividade para o Portal do Animal. Siga-me no Instagram clicando aqui.