Conheça o Takin, mamífero híbrido de vaca e ovelha que virou animal nacional de reino asiático

A natureza sempre nos surpreende com suas ricas e diversas espécies animais, e uma delas que virou símbolo do Reino do Butão, na Ásia, não foge à regra. Estamos falando do Takin, ou Takin-dourado, um mamífero que é bovino e caprino ao mesmo tempo, que tem conquistado os internautas nas redes sociais.

Também chamado de Boi de camurça ou cabra-gnu, o mamífero pode ser encontrado a leste dos himalaias. Apesar de ser considerado o antepassado do boi almiscarado, estudos recentes com base no DNA sugerem uma relação mais próxima da espécie com as ovelhas!

Leia também: Cachorrinho poodle engravida cadela rottweiler e ela dá à luz 9 filhotes saudáveis no Maranhão

Trata-se de uma criatura enorme, que pode chegar a pesar 600 kg. Imponente e altamente resistente, parece uma espécime inspirada nas mitologias dos tempos antigos.

Geralmente habita áreas montanhosas, compartilhando território até com alguns ursos panda.

Este espécime é da família Bovidae, por isso possui uma grande semelhança com vacas e cabras. Além disso, sua genética é muito próxima da ovelha selvagem.

Leia também: Cãozinho resgatado com febre alta e infestação de carrapatos se recupera em abrigo e é adotado

Além dos chifres e das patas, esses animais possuem uma grossa camada de lã que os protege das baixas temperaturas a que estão expostos. A cor da pelagem pode variar de um marrom avermelhado a um dourado cremoso.

Graças a esta última cor, alguns dizem que este estranho animal inspirou a história do Velocino de Ouro na mitologia grega, que é um carneiro dourado com asas conhecido como Chrysomallos.

Chrysomallos era filho de Poseidon e uma ninfa. Segundo a mitologia, este espécime foi aniquilado e sua pele foi roubada e Jasão, o herói, teve que recuperá-la para reivindicar seu trono. Muitos acreditam que este mito corresponde a uma espécie que viveu na costa do Mar Negro desde o Himalaia. Poderia muito bem ser o Takin!