ANÚNCIO

Abandonados na rua sem qualquer cerimônia, os cães Bueno e Rosa uniram forças para subsistir à uma realidade dura, escassa de comida e expostos à violência todos os dias. Logo, se tornaram inseparáveis, como um verdadeiro casal apaixonado e resiliente.

Alguns meses atrás, os cachorros foram resgatados das ruas de Gironde, na França, graças a pedidos dos moradores da região, que não podiam ficar com eles, mas desejavam que fossem acolhidos e melhor cuidados.

ANÚNCIO

Acredita-se que o casal tenha vivido naquela região por anos desde que foram abandonados na porta de uma igreja. No caso de Rosa, sua situação foi ainda mais delicada: ela havia acabado de dar à luz e virou sem-teto na mesma época em que passava grande parte do seu dia amamentando.

Eventualmente, a prefeitura interveio e os doguinhos foram levados para o refúgio da ONG ‘Association Les Poilus du 33’.

ANÚNCIO

“Solicitaram à Câmara Municipal que capturasse os cães abandonados tempos atrás na porta de uma igreja. Oferecemos acolhimento assim que foi possível”, disse o braço legislativo da cidade de Montguyon em sua página no Facebook.

Uma vez no abrigo, os cachorrinhos se recuperaram de um quadro leve de desnutrição, enquanto os filhotes cresciam cada vez mais.

ANÚNCIO

Semanas se passaram e os cuidadores do local acharam prudente disponibilizá-los para adoção. Todos os bebês foram adotados individualmente, cada qual para suas respectivas novas famílias adotivas.

Seus papais, no entanto, continuam no santuário, onde esperam ser adotados em conjunto. Isso porque eles se recusam a ficar separados por longos períodos, que dirá em casas diferentes!

Leia também: Luisa Mell comemora resgate de cachorrinho que passou a vida nas ruas: ‘Chega de sofrimento’

Inseparáveis, Rosa e Bueno estão juntos há anos, como verdadeiros confidentes um do outro. Não será agora que serão separados, e os cuidadores do abrigo sabem disso.

No refúgio, o vínculo que os une já é evidente e os próprios voluntários decidiram respeitar essa união que os mantém vivos.

Leia também: Cadela que foi abandonada pelos donos horas depois de dar à luz é acolhida por abrigo no Paraná

Diante dessa situação, o abrigo decidiu não intervir e espera encontrar em breve uma pessoa ou família que queira levar o dois cães para casa.

Esperamos que isso aconteça o quanto antes! O que o amor une, não há má decisão huana que separe 🥰.

Você pode gostar: