Casal adota bebê esquilo e lhe dá todo o amor do mundo até ela crescer

Certo dia, um trabalhador cansado voltou para casa apenas para descobrir que uma mãe esquilo havia feito um ninho de galhos e pinheiros secos em sua cama para seus dois esquilos recém-nascidos.

ANÚNCIO

Mesmo cansado, o rapaz fez o seu dever e chamou chamou os reabilitadores da vida selvagem Christina e Michael para resolver esse incidente incomum e reunir a mãe com os filhos.

No entanto, ocupada em buscar materiais para o ninho, a mãe esquilo não tinha intenção de levar os bebês com ela. Eventualmente, ela parou de voltar.

Infelizmente, um dos esquilos não sobreviveu e, após uma avaliação de um veterinário local da vida selvagem, foi determinado que a filhote restante também não sobreviveria por conta própria.

É por isso que Christina e Michael decidiram adotar a fofa esquilinha por conta própria! Eles a chamaram de Thumbelina.

ANÚNCIO

Simplificando, Thumbelina foi especial desde o início. Por causa de uma estação incomum de nascimento e da perda de sua irmãzinha, Thumb teve que crescer sozinha, sem interação com outros esquilos marrons.

Tudo com ela estava mais lento que o normal. Enquanto a maioria dos bebês não se importava com o leite, já tendo provado comida de verdade, a esquila era um bebê grande com uma mamadeira.

Ao contrário de outros animais selvagens recém-nacidos, Thumbelina não estava interessada em pular e escalar. Ela caminhava em vez de correr e sentava-se em vez de subir.

Mesmo com os melhores esforços para apresentar Thumbelina a outros esquilos, ela nunca iria querer ter nada a ver com eles. Seu pai adotivo disse: “Eu não sei o que ela pensa que é, mas definitivamente não é um esquilo”.

Agora Thumbelina é um animal feliz, gordinho e muito fofo que passa seu tempo pacificamente com a mãe e o pai, mas não sem ter problemas ocasionais!

Ela adora ervilhas, rúcula e abacate. E ela absolutamente odeia o ar livre, clima frio, outros esquilos e o aspirador de pó.