Cãozinho é devolvido ao abrigo um dia após ser adotado porque estava dando ‘muito trabalho’

ANÚNCIO
ANÚNCIO

Você consegue se imaginar sozinho e desamparado por mais de um ano? Esta foi a difícil experiência enfrentada por Rusty, um belo cachorro pastor alemão que viveu 419 longos dias nas instalações da Humane Society of Central Texas, nos EUA.

ANÚNCIO

A vida não tem sido fácil para Rusty desde fevereiro de 2020, quando seu dono o entregou friamente ao abrigo, argumentando que ele era um cachorrinho extremamente hiperativo.

Desde então, encontrar um lar que o ame e o aceite por quem ele é tornou-se um desafio. A cada dois meses, Rusty era colocado em um lar adotivo e até mesmo transferido para um centro de resgate da cidade vizinha.

ANÚNCIO

Leia também: Cachorrinho idoso é abandonado em porta de abrigo porque ‘ficou velho demais’

Tantas experiências desagradáveis ​​acumuladas fizeram com que Rusty ficasse deprimido. O desconforto emocional que sentia era tão grande que ele acabava se comportando de forma abrupta e hostil.

“Nos meses seguintes, Rusty ficou deprimido e frustrado, fazendo com que ele se comportasse mal em seu canil e ficasse muito apreensivo com outros cães”, disse o abrigo HSCTX em um comunicado.

ANÚNCIO

Em novembro de 2020, Rusty foi adotado novamente. Mas sua alegria durou pouco, pois ele foi devolvido apenas um mês depois por ‘destruir’ o que ele pensava ser sua nova casa.

Como resultado, o centro animal decidiu fazer tudo ao seu alcance para que o filhote pudesse aprender a se socializar com os outros.

ANÚNCIO

Leia também: Gatinho de rua resgatado vence doença fúngica no rosto e é adotado por família amorosa

A mudança de comportamento em Rusty foi tão grande e positiva que, em março de 2021, o cachorrinho foi adotado novamente por um casal. No entanto, ele foi devolvido para ser ‘muito trabalhoso’ apenas um dia após deixar o abrigo.

“Não estamos chateados com os adotantes. Eles fizeram a coisa certa ao trazê-lo de volta porque dá muito trabalho. Nem todos os cães são adequados para todas as famílias. Pelo menos não o deixaram na rua “, disse um zelador do abrigo.

Após esta nova decepção para Rusty, seus dias no abrigo continuaram a se acumular, somando um total de 425 dias até 5 de abril, quando uma nova oportunidade parece ter surgido para ele.

Rusty foi bem recebido pela associação Pearl’s Place, também localizada no Texas, onde cuidará dele e reabilitará seu coração, até que finalmente encontre a casa que tanto merece.

Esperamos que tudo corra bem para este cachorro que, convenhamos, já passou por coisa demais, né?

Saiba mais assistindo ao vídeo abaixo: