Cãozinho abandonado não consegue parar de agradecer a mulher que o resgatou

ANÚNCIO
ANÚNCIO

Certo dia, enquanto Laura Forma estava em seu carro, algo chamou sua atenção ao olhar para o espelho retrovisor. Ela viu um pit bull andando na rua de trás com dificuldade.

ANÚNCIO

Laura ficou tão tocada com o jeito do cão, que não conseguiu seguir seu caminho. Mesmo indo na direção oposta do animal, já ter oito cachorros resgatados em casa, sendo dois deles no trânsito, ela ainda assim parou para ajudar o pit bull.

A moça saiu do carro decidida a adicionar mais um membro à sua família. “Eu fiz o retorno e fui direto para ele”, disse Laura, que mora em Houston, Texas, nos Estados Unidos. “Eu não consegui encontrá-lo no início, então eu estava olhando e esperando vê-lo. E finalmente ele apareceu à frente de alguns carros e eu o chamei para se aproximar”.

ANÚNCIO

Estava chovendo e muito frio, então o cão se animou ao ver alguém lhe oferecendo ajuda. “Ele correu diretamente para o meu carro e subiu no banco da frente, ele estava pronto para ser resgatado”, disse  Laura. “Ele veio até mim, me cheirou e pulou no carro. Nunca pensei que esse cão pudesse fazer algo assim, mas acho que é algo que você não acredita até que isso aconteça”.

ANÚNCIO

O cachorrinho parecia triste e ferido, mas confiava em Laura, que o chamou de Thor, porque ele parecia ser muito forte, apesar dos olhos tristes. O cão tinha uma corda amarrada no pescoço, mas não tinha nada para identificá-lo.

Nova chance de vida

Ela não queria levá-lo a nenhum abrigo. Em Houston, estima-se que haja mais de mil cachorros nas ruas e que os refúgios estão superlotados. E como Thor é um pit bull, ela pensou que ele teria menos oportunidades de ser adotado do que outros cães. Então, decidiu levá-lo para casa, onde o cãozinho logo se sentiu à vontade. “Não fez nada errado. Fiz a ele uma cama em um dos quartos que tenho livre, onde ele está o dia todo. Ele não faz barulho, não mastigou nada. Ele é realmente muito grato”, disse Laura.

ANÚNCIO

“Eu tenho certeza que ele teve uma casa porque ele é treinado para viver dentro de uma. Mas é muito calmo e amigável. Ele conheceu meus outros cachorros através de um separador e não teve nenhuma reação a eles”, afirma. “Ela olha para você com esses olhos tristes e o toca com as pernas para que você possa acariciá-lo”, comenta Laura. “É muito doce, apesar de todas as cicatrizes e tudo o que aconteceu, ainda é capaz de amar e isso é incrível”.

A mulher se apaixonou instantaneamente por Thor, mas pensa que a melhor coisa seria que ele tenha uma família só para ele. Por isso, ela entrou em contato com a organização Three Little Pitties, um novo grupo de resgate de Houston. “Estou tão feliz em tomar essa decisão para encontrar seu lugar”, disse Laura. “Às vezes, temos o desejo de mantê-lo conosco. É um cachorro muito bom, e isso fará com que alguém fique muito feliz”.

Agora Thor pode continuar a oferecer o seu amor e doçura a pessoas que realmente o amem. Esperamos que isso logo aconteça, sem que ele perca o contato com aquela que o salvou.