Uma cachorra covardemente agredida e deixada para morrer em uma cracolândia de Nova York, nos EUA, foi resgatada e adotada por bombeiros bem-intencionados da metrópole norte-americana.

Ashley foi abandonada para morrer de fome. Ela tinha apenas 2 meses de vida quando voluntários da ONG “No More Pain Rescue”, em Staten Island, a levaram para ser tratada.

A cadelinha, além de ter ficado muito fraca devido à inanição (falta de comida), ainda tinha cicatrizes provocadas por queimaduras de cigarro em sua cabeça. Sim, seus antigos “donos” apagavam suas bitucas no crânio da pobrezinha.

Leia Também:

Após ser encaminhada para um canil da “No More Pain Rescue”, Ash recebeu o pedido de adoção do Corpo de Bombeiros de Nova York!

Ela cresceu ao lado dos militares da corporação e foi se acostumando à sua nova vida. Ela acorda todas as manhãs para tomar café da manhã com seus companheiros e, simpática que só ela, sempre os cumprimenta com um grande sorriso no rosto!

Curiosamente, a tarefa preferida de Ash no quartel é ajudar a guardar o grande caminhão vermelho dos bombeiros. “Ela adora passear no veículo”, relata um bombeiro.

Apesar de ter começado sua vida com o pé esquerdo, a cadelinha agora é o membro mais amado da equipe de bombeiros. Virou o xodó da corporação!

Ashley sabe que é uma garota de sorte e nunca perde a chance de mostrar sua afeição por seus bravos companheiros. Não é surpresa que ela seja tão popular!

Saiba mais assistindo ao vídeo abaixo:

Leia Também:


Gostou da matéria? Compartilhe este artigo. Isso nos ajuda a espalhar bons conteúdos nas redes sociais. Obrigado!