A conhecida frase: “A primeira impressão é a que fica” não poderia ser mais verdadeira para os voluntários do Stray Rescue of St. Louis, quando encontraram uma cachorra traumatizada e acuada em um local caindo aos pedaços, extremamente agressiva.

E ela tinha mesmo um excelente motivo para rosnar e latir para a equipe, pois ali estava protegendo o que havia de mais importante em sua vida!

Os socorristas do Stray Rescue of St. Louis de repente ouviram pequenos gritos dos filhotes recém-nascidos. Ah, então é por isso que ela está sendo tão hostil com todos! Ela tinha o melhor dos motivos naquele momento se apresentar tão agressiva, pois ela tinha pequenas almas para proteger.

Leia também: Ensaio fotográfico com animais fofos comendo frutos vermelhos se parece com filme de terror

Os socorristas tiveram o cuidado e não permitiram que a agressiva mamãe, assustasse os seus filhotes, precisavam salvar a família toda daquele ambiente inseguro e tiveram a ideia de montar uma armadilha para pegar a mamãe com segurança e conseguir acesso aos filhotinhos. Mas a mamãe não gostou da proximidade dos socorristas com ela ou com os bebês. Ela rosnou ainda mais alto!

Um dos integrantes da equipe conseguiu agarrar um dos filhotes, mamãe desesperada a ver a ação do socorrista correu para ‘salvar’ o seu filho e foi direto para a armadilha. O socorrista então carregou o primeiro filhote para um local seguro e macio. Bastava pegar o restante da família que estava acuada em um canto. O socorrista os pegou um a um, contando no final 6 lindos filhotinhos no total.

A mamãe logo percebeu que ali todos estavam para lhe ajudar e se acalmou logo que desceu do caminhão, como se ela entendesse tudo o que estava acontecendo, e de fato os cães entendem, pois são muito inteligentes.

A mamãe apresentava diversas cicatrizes no rosto, provavelmente devido a brigas com outros cães para defender a sua prole. Foi possível ver toda a sua felicidade por voltar com seus bebês em um local confortável. Muito melhor do que aquele lugar horrível que eles estavam vivendo!

Leia também: Gato que fingia não gostar de bebê é ‘flagrado’ dormindo com ele: ‘Queria protegê-lo’

Ela deu a cada filhote um cheiro e um beijo. Agora era hora de uma soneca tão necessária, depois de tanto estresse.

Assista ao vídeo e acompanhe a história:


Gostou da matéria? Compartilhe este artigo. Isso nos ajuda a espalhar bons conteúdos nas redes sociais. Obrigado!