Cadelinha que perdeu parte de suas patas recupera e se torna um exemplo de superação

ATENÇÃO: Algumas fotos a seguir contêm imagens fortes

A cadelinha Chi Chi nasceu na Coreia do Sul, onde a carne de cão  é uma iguaria (embora a prática de comer carde de cão seja menos comum nos dias de hoje) e foi um dos muitos cães que nasceram para serem consumidos.
O cãozinho de dois anos da raça Labrador foi amarrado pelas patas e pendurado de cabeça para baixo, pois os coreanos acreditam que dessa forma a carne do cachorro fica mais macia. Além disso, era dada a Chi Chi uma grande quantidade de comida, para que ela ganhasse peso mais rapidamente.

Cadelinha verdadeiro exemplo superação 1

De acordo com Monique Hanson, uma das coordenadoras do Animal Rescue, Media & Education (ARME), organização de resgate e cuidado de animais, Chi Chi ficou pendurada pelas patas por tanto tempo que a corda já tinha atravessado a sua pele e desfez os ligamentos até chegar ao ponto em que a corda estava a amarrar apenas os ossos.

A ARME ficou a saber sobre o caso de Chi Chi através de um grupo de bem-estar animal com base na Coreia do Sul, o Nabiya Irion Hope Project.

Cadelinha verdadeiro exemplo superação 2

Com ferimentos graves e parte dos ossos expostos, a cadelinha p assou a ser considerada não apta para o consumo e com isso Chi Chi foi simplesment deitada fora, literalmente deixada no lixo.

Mas por milagre, Chi Chi foi encontrada por membros do grupo Nabiya Irion Hope Project numa lata de lixo de uma região de abate de cães e gatos muito conhecida na Coreia do Sul. A cadelinha foi resgatada pelo grupo e levada para o hospital.

Cadelinha verdadeiro exemplo superação 3

Apesar de todos os maus tratos pelos quais Chi Chi passou, ela ainda tinha uma vontade incrível de viver e foi esse mesmo espírito que levou os seus salvadores a dar-lhe uma oportunidade de lutar.

Chi Chi sobreviveu, porém as suas patas estavam tão maltratadas, que foi necessário amputar a parte dilacerada de todas para evitar que as inflamações e infecções causadas pelas feridas se espalhassem para o resto do corpo.

Cadelinha verdadeiro exemplo superação 4

A cadelinha reagiu muito bem às amputações e em breve irá ganhar próteses, porém ela já está completamente adaptada ao novo tamanho das patas. Os meus tratos e a amputação não tiraram de Chi Chi a vontade de brincar.

Apesar de tudo, Chi Chi é um animal feliz e carinhoso com todos os que interagem com ela e corre e diverte-se com as suas novas patinhas curtas.

Cadelinha verdadeiro exemplo superação 5

Chi Chi permanece actualmente sob os cuidados do grupo coreano de resgate Nabiya Irion Hope Project com a colaboração da ARME. Após passar pela reabilitação e estar confortável com as próteses que irá receber, Chi Chi vai para os Estados Unidos, onde ficará no ARME da Califórnia e depois irá para a casa da família que a irá adotar, no Arizona, uma nova família possui vários cães resgatados.

Chi Chi já está pronta para viajar para os EUA na segunda semana de Março e começar a sua nova vida como um animal de estimação recebendo todo o amor a que tem direito.

Veja o vídeo sobre a Chi Chi abaixo:


Gostou da matéria? Compartilhe este artigo. Isso nos ajuda a espalhar bons conteúdos nas redes sociais. Obrigado

Mamãe ganso acolhe e protege filhote de cachorro do frio: ‘Instinto materno’
Cuidadores se isolam em zoológico no Reino Unido para protegerem os animais durante a pandemia
Cervo selvagem faz amizade com mulher e “toma café da manhã” todos os dias com ela
Animais de habitats completamente diferentes se veem pela primeira vez em vídeo lindo
Pit bull traumatizada por histórico de maus-tratos, é resgatada e recebe nova chance de ser feliz
Filhote abandonado chora até ser encontrado por socorristas nos EUA
Mamãe ganso acolhe e protege filhote de cachorro do frio: ‘Instinto materno’
Filhote é encontrado ferido e abandonado em saco plástico e gera revolta
Gatinha carente pede carinho no meio de aula de balé da sua mamãe
Gatinha antissocial se rende à fofura de seu novo ‘irmãozinho’ recém-nascido
Animais de estimação trazem alívio e reduzem estresse em meio a isolamento social
Gatinha abre Tupperware da mãe e mordisca todos os seus biscoitos: ‘Muito gulosa’