Cadela resgatada da rua sem orelha, tímpano e patinha vira o amor de família: ‘Nossa morceguinha’

ANÚNCIO
ANÚNCIO

Em 2010, a norte-americana Alesha Brandt e sua filha testemunharam o abandono de uma cadela próximo à sua casa, em pleno inverno, em meio a uma noite bastante fria que ameaçava nevar.

ANÚNCIO

“Minha filha e eu vimos Meeps ser arremessada pra fora de um carro”, relatou Alesha ao portal The Dodo. “Ela estava gravemente desnutrida (pesava menos de 1 kg)) e seu olho estava terrivelmente danificado”.

Leia também: Cadela que foi abandonada pelos donos horas depois de dar à luz é acolhida por abrigo no Paraná

ANÚNCIO

Naquela mesma noite, a filha de Alesha deu um banho na cachorrinha e proveu-lhe comida e aconchego. “Meeps ficou sentada em silêncio na banheira, deixando minha filha limpá-la… enquanto esperava eu me organizar para levá-la ao veterinário”, acrescentou.

Apesar de tudo o que Meeps já passou, a cadela agora é o xodó da casa da família Brandt e faz uso de seu visual único com orgulho. A cadelinha hoje vive sem um olho, uma perna e um tímpano – o que produz sua característica inclinação de cabeça.

ANÚNCIO

Leia também: Luisa Mell comemora resgate de cachorrinho que passou a vida nas ruas: ‘Chega de sofrimento’

As orelhas vistosas e sem pelos dela lhe garantem uma distinta aparência de morcego. “Ela nunca teve cabelo nas orelhas, então elas parecem couro macio e também asas de morcego”, disse a dona. “Ela costuma ser chamada de morcego frugívoro porque adora bananas e laranjas.”

Apesar de seu tamanho minúsculo, Meeps ‘manda’ na casa da mamãe. Ela tolera seu irmão de Bruxelas, Krum, apenas se estiver com frio e precisar de um amigo aconchegante. No entanto, seu melhor amigo é um grande cão Malinois chamado Lech. “Até ele tem medo dela – o que é hilário”, disse Alesha.

ANÚNCIO

Meeps nunca desiste de uma luta, não importa o quão difícil ela pareça. “Uma vez, ela latiu para um hidrante por 20 minutos, pensando que era um intruso”, disse a dona. “Eu não tive coragem de dizer a ela a verdade.”

Mas a cachorra também tem um lado suave. Especialmente quando se trata de sua mãe. “Ela é uma cadela de uma mulher só. Cem por cento minha sombra e prefere estar em meus braços ou no meu colo. Ela viaja comigo para quase todos os lugares”, completou a mamãe.

Meeps está agora com cerca de 14 anos – uma idosinha! – mas a pequena cachorrinha resistente não mostra sinais de abrandar. “Ela leva uma vida bastante normal”, disse Alesha. “Come bem, adora cochilos e sol quente.”