Você certamente já deve ter ouvido falar da expressão “rinha de cães”. Nesses lugares ilegais e criminosos, eles são colocados em confronto uns contra os outros em uma espécie de luta livre animal.

Ao término da rinha, como é de se esperar, os cães estão extremamente machucados, debilitados e traumatizados.

A cadela Juniper, uma pit bull de nove anos, passou a vida toda lidando com essa triste realidade. Após tantas lutas, o corpo dela estava coberto de cicatrizes e seus dentes haviam sido arrancados para que ela não pudesse se defender nas lutas.

No ano passado, após uma operação executada pela polícia da Califórnia (EUA), Juniper e dezenas de outros cães foram resgatados dessa tortura sem fim.

Posteriormente, um abrigo local se ofereceu para receber e tratar Juniper. O que foi ótimo, porque a cachorrinha conseguiu encontrar uma nova família por meio do trabalho dedicado dos voluntários.

Assim que Maggie Hull, uma mulher de 27 anos, que mora em Seattle, nos EUA, soube da história da cadela, ela decidiu adotar a pequena.

“Eu queria que Juniper tivesse uma vida melhor, não consigo nem imaginar a dor que ela sentiu todos esses anos”, disse Maggie. “Infelizmente, 5 meses depois de eu adotá-la ela sofreu um derrame espinhal e ficou paralisada da cintura para baixo.”

Leia Também: Cachorro se esconde até ser resgatado após ser esfaqueado sem motivo algum

Mesmo depois desse incidente, Maggie não desistiu da cachorra e passou um ano a acompanhando em diversas cirurgias e muita fisioterapia. O resultado foi muito satisfatório e Juniper conseguiu recuperar parte dos seus movimentos.

Mas nem tudo foram flores: os veterinários tiveram que amputar uma das pernas traseiras da pequena e ela não conseguia mais segurar o xixi, então passou a precisar usar fraldas.

O uso de antibióticos também era constante: a cachorra sempre desenvolvia alguma infecção. Mas sua mãe jamais desistiu e continuou dando seu máximo para ajudar no que podia.

Maggie conta que o melhor dia da cadela foi quando ela ganhou um carrinho de rodas. “Eu nunca tinha visto ela tão feliz! Eu acho que ela mesma nunca havia conhecido aquele lado aventureiro que ela estava começando a mostrar.”

Foi notável a mudança que Juniper teve depois de conseguir andar sozinha. “Ela obteve um novo motivo para viver”, Maggie explica.

Atualmente, Juniper é muito feliz ao lado de sua mãe 💕

Clique no vídeo abaixo para assistir à alegria de Juniper ao andar em seu carrinho de rodas:

Leia Também: Cachorrinha que viveu grande parte da vida acorrentada é libertada: ‘Segunda chance’


Gostou da matéria? Compartilhe este artigo. Isso nos ajuda a espalhar bons conteúdos nas redes sociais. Obrigado!