A África do Sul abriga uma das mais ricas faunas e floras do planeta. Por outro lado, essa riqueza acaba chamando a atenção de pessoas de má fé, que só visam a exploração desenfreada e o lucro acima de tudo.

Felizmente, há muitas organizações ativas no país que atuam pela proteção e manutenção do bem-estar dos animais silvestres. É o caso da ONG “Thula Thula Rhino Orphanage”, que presta auxílio direto a espécies ameaçadas de extinção.

Há algumas semanas, a entidade resgatou um filhote de elefante rejeitado por sua própria manada. O pequeno estava à beira da morte, faminto e com sede.

Leia Também: Morador de rua arrisca própria vida para salvar chihuahua abandonado em estrada

Levado para um abrigo, o pequeno acabou sendo acolhido também por uma cachorra da raça pastor alemão, a Duma, que ficou apaixonada nele!

Olha só os dois em ação:

A amizade improvável entre o mamífero grandalhão e a cadela acabou ajudando ele a superar o trauma do abandono enquanto ele recuperava sua saúde e seu peso corporal.

Desde então, o elefante e a cachorra convivem juntos no santuário de animais da “Thula Thula Rhino Orphanage”, numa surpreendente e fraterna amizade que supera quaisquer obstáculos entre eles, desde a diferença de tamanho ao comportamento de cada um.

Saiba mais sobre eles assistindo ao vídeo abaixo:

Leia Também: 

Cãozinho considerado ‘feio e indesejado’ chora ao ser acarinhado pela 1ª vez


Gostou da matéria? Compartilhe este artigo. Isso nos ajuda a espalhar bons conteúdos nas redes sociais. Obrigado!