ANÚNCIO

Joseph Phillips-Garcia tem 16 anos e é membro da comunidade de Kanaka Bar, na Colúmbia Britânica. Ele estava indo fazendo uma viagem de coleta de comida nas montanhas quando seu carro sofreu um acidente. A tia e os primos de Joseph foram mortos imediatamente no impacto, enquanto o adolescente e seu cachorro, Sako, foram jogados em um aterro a 100 metros de distância.

Por incrível que pareça, Joseph apenas teve um fêmur e uma clavícula quebrada, o que o deixou imóvel após o acidente. Enquanto estava deitado inconsciente no aterro frio, ele podia sentir suas feridas sangrando. O cão leal se recusou a sair do lado de Joseph e se esforçou para mantê-lo aquecido com seu próprio corpo.

ANÚNCIO

Nos dois dias após o acidente, o inteligente cãozinho arrastou o adolescente até um riacho parar tomar água. No entanto, sua maior ameaça era a vida selvagem predatória à sua volta. Alguns coiotes cheiraram o sangue de Joseph e logo os rastrearam. Mas Sako colocou sua vida em risco e sem medo continuou lutando contra os animais.

Após 3 dias e 2 noites, uma equipe de busca e salvamento localizou os dois sobreviventes e os levaram às pressas para o hospital. Joseph passou por várias cirurgias devido aos seus ferimentos, enquanto Sako foi tratado pelos ferimentos profundos dos coiotes.

ANÚNCIO

Como essa dolorosa história de sobrevivência foi compartilhada pela polícia local, a comunidade saudou Sako por seu ato altruísta. O corajoso cãozinho foi posteriormente introduzido no ‘Hall da Fama dos Animais’. Ele recebeu uma medalha e foi homenageado em uma cerimônia comemorativa. Que herói!

Você pode gostar: