Cachorro participa de corrida de 225 km, cruza linha de chegada e recebe medalha

Se você estiver indo para uma maratona, é importante treinar antes por um bom tempo, para que você possa passar o desafio. No entanto, se você fazer a maratona ‘des Sables’ – a ultra maratona anual de seis dias no deserto marroquino, que cobre 225 quilômetros e é considerada a “corrida a pé mais difícil da Terra” -, precisará de meses para chicotear seu corpo de volta à plena forma.

Ou seja, a menos que você tenha a força física de um cachorro chamado Cactus, que decidiu se juntar à mega corrida desse ano e de alguma forma a terminou em um respeitável 57º lugar.

Ah, e é bom que acredite, ele ganhou a medalha que merecia.

Enquanto o des Sables de 2019 entrava no seu segundo dia no passado dia 8 de Abril, um competidor incomum se juntou às fileiras dos quase mil corredores a meio do percurso: um cão abandonado vigoroso e fofo.

Uma vez que o competidor de quatro patas completou os 24 km restantes naquele dia, as pessoas começaram a chamá-lo de Cactus por alguma razão, de acordo com a Travel & Leisure. Então, quando os corredores chegaram ao acampamento temporário no final do dia, ele ficou para pernoitar e descansar junto dos atletas e deve ter dormido muito bem, porque no dia seguinte ele se levantou e continuou na terceira etapa do curso. Naquele dia, ele percorreu todos os 37 quilômetros e mostrou-se menos um mascote de corrida e mais um adversário digno.

Já que a Cactus claramente não estava preparado para concorrer com nenhum dos suprimentos e lanches de resistência que os corredores registrados tinham, as pessoas ao longo do caminho garantiram que ele estava em boa forma. Ele foi alimentado, recebeu muita água e teve acabou com suas patas marcadas por bolhas. Oficiais da corrida até amarravam um rastreador de GPS nele para que sua crescente base de fãs pudesse acompanhar seu progresso, e ele se tornou uma espécie de celebridade local nas mídias sociais.

No dia seguinte, Cactus não mostrou sinais de desaceleração, e passou pela Fase 4 – a mais longa da corrida -, onde ele percorreu as 75 quilômetros em impressionantes 11 horas, de acordo com a Sports Illustrated. Em perspectiva, corredores humanos necessitam de 31 horas para terminar a rota de punição.

Cactus completou a corrida na sexta-feira e cruzou a linha de chegada em 57º lugar, tornando-se o primeiro cão a competir no MDS, e até recebeu uma medalha.

Durante o decorrer da corrida, todos se perguntavam de onde tinha vindo o cachorro, pensando que ele era uma cachorro abandonado.

Até que, a sua dona, após ter visto que um cachorro estava fazendo a maratona, entrou em contato com a página de facebook da Des Sables, dizendo que era a dona do cachorro, que ele é um cachorro nômada e que percorre 40km por dia só por diversão. Ah, e que o seu nome verdadeiro é Diggedy.

Mais tarde, surgiram imagens de organizadores e competidores se despedindo de ‘Cactus’ enquanto Karen o foi buscar.

Então, lembre-se, se um cachorro consegue percorrer a corrida mais difícil do mundo no meio do deserto por um ‘ simples capricho” e chegar em 57º lugar, você provavelmente irá sobreviver àquela corrida de caridade de 5 quilômetros que você tanto teme.

Faça isso pelo Diggedy.

Assista ao precioso vídeo que fizeram do pequeno Diggedy a percorrer a maratona:


Gostou da matéria? Compartilhe este artigo. Isso nos ajuda a espalhar bons conteúdos nas redes sociais. Obrigado

Jovem recebe visita “mágica” de pequena borboleta e comove as redes sociais
4 quadrinhos hilários explicando porque os gatos são melhores que os cachorros
Vídeo viral flagra baleia gigantesca emergindo do oceano ao lado de barco pesqueiro
20 pessoas que levaram a frase “faço tudo por meu animal” para um outro patamar
Cadela é morta para ser enterrada junto com sua dona
Cachorrinha faz performance de estátua viva com seu dono e vira sucesso em Fortaleza
Esse Shiba Inu é a flor mais fofa do Japão e suas fotos estão fazendo pessoas felizes no mundo inteiro
Mulher que trabalha em drive-thru tira fotos de cada cachorrinho que aparece em sua janela
Morreu Grumpy, o gato que inspirou milhões com seus memes na Internet
Gato estraga fones de ouvido, dono reclama, e ele volta com uma cobra como “substitutivo”
Gatinha recém-nascida não para de sorrir após ser resgatado das ruas
Homem encontra gatinho com cadarço amarrado em volta do pescoço