ANÚNCIO

Na semana passada, a norte-americana Farrah Smith Weiss teve a infeliz ideia de deixar seu batom mais usado dando sopa na escrivaninha do quarto. Ela não tinha ideia, mas o batom seria utilizado pelo indivíduo mais improvável possível da casa – e não era o filho dela.

Pois bem, Murphy, o cãozinho da família, abocanhou o cosmético de fininho e vazou dali, aparentemente sem deixar rastros. “Acho que ele não sabe que o que fez é errado. Presumo que Murphy acredite que seja algo comestível. Esta semana ele comeu um pacote de chicletes e outras coisas do meu filho”, contou Farrah.

ANÚNCIO

Leia também: Cadelinha abandonada persegue ambulância até conseguir convencer socorristas a parar e adotá-la

Acontece que após devorar o batom, o doguinho deixou inúmeras provas ‘do crime’. “Percebemos que ele tinha pego o batom depois que entrou na cozinha e vi que suas patas traseiras estavam rosadas”, disse a mãe. “Então ele se virou. Foi quando vimos seu rosto. ”

ANÚNCIO

O batom destruído, é claro, tinha se espalhado por todo o pelo de Murphy. Sua família não conseguia parar de rir, mas é claro, ele não tinha ideia do porquê. Tudo parecia perfeitamente normal para o pequeno.

“Encontramos então o cadáver do batom em sua cama de cachorro cinza, agora rosa”, disse Farrah. “Foi quando meu marido tirou a foto de seu rosto. Não havia nada a fazer a não ser rir histericamente porque, bem, 2020. O estrago estava feito.”

ANÚNCIO
Você pode gostar: