Cachorro acaba com pesadelos e muda totalmente a vida de menino autista

Tupper Bunlop é um menino de 3 anos que foi diagnosticado com autismo aos 2 anos de idade e sempre teve dificuldades em dormir, chegando a acordar diversas vezes durante a noite a gritar e se debatendo durante cerca de 20 a 40 minutos, tendo os pais que acordar para o acalmar.

Todas as noites. Várias vezes durante a noite. Até Lego ter chegado às suas vidas!

Lego é um cachorro de raça labrador que foi treinado como um cão de tratamento pela organização MSAR Dog Services e desde Dezembro de 2017 mudou completamente a vida de Tupper e da sua família.

“(Lego) dorme com Tupper”, disse a mãe, Nancy Bunlop, ao site Inside Edition“Ele o ajuda a se acalmar quando ele começa a se a gitar no sono.”

De acordo com a mãe, o cachorro descansa com frequência a cabeça no corpo do menino, o que geralmente ajuda o pequeno Tupper a se sentir seguro ou estabilizado. O contato físico também ajuda a estimular as endorfinas e a serotonina do menino, o que o ajuda a voltar a dormir.

Isso nos ajuda a conseguir ficar na cama“, brincou Nancy.

Além de melhorar as suas noites, Lego acaba por conseguir acalmar o pequeno Tupper no seu dia-a-dia, mesmo quando este tem os seus ataques.

“Lego acaba de ter um efeito calmante em Tupper”, disse Nancy. “Em vez de gritar e correr constantemente, ele agora é muito mais calmo e capaz de se sentar e se concentrar.”

Quando Tupper precisa de se concentrar em algo, o animal geralmente se senta embaixo da mesa, de forma a Tupper poder esfregar os seus pés no seu pêlo como estímulo para permanecer sentado. Da mesma forma que, se Tupper estiver chateado, Lego o tenta distrair, lhe trazendo um brinquedo ou se esfregando contra ele.

Devido à sua pouca idade, Tupper ainda tem dificuldade em perceber o perigo, e muitas vezes começa a correr numa rua movimentada ou em qualquer local publico. Contudo, como a coleira de Lego tem uma alça para Tupper segurar, este raramente a larga, permanecendo sempre junto do cachorro.

“Lego está a permitir a gente sair e fazer coisas que não fazíamos como uma família“, disse Nancy.

A família criou até uma página no Facebook onde compartilha com regularidade as aventuras destes dois companheiros!

Sem dúvida uma prova do quão importantes são os animais na vida das crianças, principalmente quando estas sofrem de algum problema de saúde!


Gostou da matéria? Compartilhe este artigo. Isso nos ajuda a espalhar bons conteúdos nas redes sociais. Obrigado

Adaptação por Portal do Animal, da matéria originalmente criada por Sábias Palavras

O mito é real: Leopardo negro foi fotografado pela primeira vez em 100 anos
22 fotos de animais que foram tiradas no momento perfeito
19 pessoas que eram contra a ter um animal, e que agora não conseguem viver sem eles
20 animais que ganharam a ‘mega sena’ da genética
Decidiram juntar algumas pessoas com seus sósias caninos e a gente está latindo de tanto rir
Bebês que convivem com cachorros geralmente são mais fortes e saudáveis
Wiley, o dálmata que tem um coração no nariz e está apaixonando pessoas por todo mundo
Cachorro abandonado finalmente relaxa quando percebe que seu salvador o está levando para casa
Fotógrafo japonês registra gatos de rua se divertindo e não dando a minima para o resto do mundo
Veterinário atende gato de pelúcia “doente” de menina autista
Gatinha sobrevive miraculosamente depois de ficar quase congelada por completo na neve
50 adoráveis Maine Coon que na realidade são verdadeiros gigantes esperando para crescer