Cachorrinho idoso é abandonado em porta de abrigo porque ‘ficou velho demais’

Quando adotamos um cachorro, nos comprometemos, de forma quase automática, a cuidar do bem-estar dele e a dar-lhe muito amor. No entanto, há pessoas que não entendem isso. Alguns tutores gostam de seu animal de estimação quando ele é jovem e cheio de energia, mas quando chega a hora de cuidar bem deles, decidem abandoná-los.

Eles não querem lidar com os problemas de seus cães mais velhos e, infelizmente, tomam a pior decisão para eles. É doloroso saber que alguém pode abandonar seu melhor amigo simplesmente porque ele chegou à terceira idade.

Foi o que aconteceu com Perry, um cachorrinho de 10 anos que foi abandonado amarrado a uma espécie de carroça com um bilhete descrevendo sua deficiência física.

Certa manhã, trabalhadores da associação ‘Wanderer’s Rest Humane Association’, localizada em Cazenovia, Nova York (EUA), chegaram ao local e tiveram uma triste surpresa.

Em frente à entrada principal, havia uma caixa com algo estranho dentro, então eles decidiram se aproximar para inspecionar do que se tratava. Então veio a surpresa: havia um cachorrinho amarrado lá dentro que havia sido abandonado por alguém.

Seus antigos donos o deixaram ali na noite anterior, acompanhado de uma vasilha d’água e um bilhete curto e direto explicando sua deficiência. A nota dizia: “Mais de 10 anos. Não consegue mais andar”.

O pobre cachorro estava confuso, não entendia o que estava acontecendo e talvez quisesse voltar para a família; mas a verdade é que o haviam deixado sozinho. Felizmente, um grupo de socorristas da Wanderer’s Humane Associate acolheu o animal, levando-o para um abrigo onde batizaram ele de ‘Perry’.

Os cuidadores ficaram com o coração partido ao ver o pobre cachorro abandonado e também revoltados assim que tomaram ciência que Perry era idoso e tinha uma deficiência física.

“Ele não conseguia se mover. Estava muito triste”, relembrou Mason Groesbeck, coordenador da equipe de resgate. Eles decidiram levar Perry ao veterinário para um exame médico geral e, enquanto isso, postaram uma foto do cachorro no Facebook.

Esperavam que alguém pudesse reconhecê-lo e, assim, encontrar o paradeiro de seus antigos proprietários para iniciar um processo judicial. A postagem do Facebook dizia: “Se alguém reconhecer este cão, entre em contato conosco o mais rápido possível. Eles o deixaram do lado de fora do nosso abrigo em algum momento da noite amarrado a uma caixa, isso é abandono”.

Leia também: Cadela shih tzu abandonada dentro de caixa com pelagem toda emaranhada é resgatada por abrigo

Além disso, o abrigo aproveitou a publicação para sensibilizar seus seguidores: ‘se alguém não puder cuidar do seu animal de estimação, podemos ajudá-lo diretamente, não é necessário abandoná-lo.’

A história de Perry também foi usada para arrecadar fundos para pagar todos os tratamentos médicos de que ele precisava para se recuperar e continuar sua vida.

Semanas após o resgate do doguinho, as autoridades conseguiram identificar o dono anterior de Perry, que foi acusado criminalmente de não oferecer cuidados veterinários a um animal debilitado, embora a investigação aind esteja em andamento.

Leia também: Gatinho de rua resgatado vence doença fúngica no rosto e é adotado por família amorosa

Enquanto a recuperação de Perry continua, o abrigo de animais publica atualizações no Facebook para manter os internautas interessados atualizados. Além disso, eles sempre aproveitam a história de Perry para lembrar a todos sobre os cuidados e responsabilidades que devem ser assumidos com um animal de estimação.

Perry recebeu a ajuda de que precisava e será colocado para adoção quando estiver pronto, mas por enquanto ele está aproveitando sua vida em um lar adotivo temporário. Desejamos toda força do mundo ao cachorrinho!

Saiba mais asssitindo ao vídeo abaixo: