Cachorrinho é abandonado 5 vezes até alguém finalmente perceber que ele era surdo

ANÚNCIO
ANÚNCIO

Nos seus primeiros sete meses de vida, o cachorro Ivor esteve tão confuso.

ANÚNCIO

Passou por cinco casas diferentes e no final de 2017, estava em um abrigo local, abandonado novamente pela sexta vez.

As pessoas que o levavam de volta diziam que ele era um cachorro muito desobediente. Mas quando a equipe do abrigo verificou a sua audição, perceberam exactamente o porquê de os seus antigos donos ficarem tão frustrados: ele não conseguia ouvir nada!

ANÚNCIO

Sem saber que ele era surdo, cada família simplesmente desistiu dele, para que o próximo adotante tenta-se de novo. Felizmente, a equipe de resgate começou de imediato a ensinar linguagem gestual ao cachorro e ele aprendeu rapidamente.

Eles primeiro o ensinaram a fazer com que ele tocasse o nariz, quando estendessem a mão e a seguir foram introduzindo outros truques básicos.

ANÚNCIO

Logo de seguida, foi posto novamente para adoção e aí conheceu a mulher que viria a ser a sua mamãe: Ellie Bromilow. Ela se apaixonou por ele assim que o conheceu e toda a sua família concordou em adotar o cachorro, em um abrir e e fechar de olhos.

Enquanto a equipe de resgate do abrigo já tinha ensinado ao cachorro alguns truques e  ordens básicas, usando a linguagem gestual, Bromilow estava mais do que pronta para aprender tudo o que fosse preciso, para que pudesse dar seguimento ao seu aprendizado e para que pudesse receber tudo o que não recebeu em todas as outras casas.

ANÚNCIO

“Ele já aprendeu a ordem “senta” e “vem” enquanto estava no abrigo, mas agora ele sabe bem mais, como “deita”, “fica” e está aprendendo a “rebolar”, disse ao jornal Metro.

Sem qualquer tipo de surpresa, na verdade Ivor é um cachorro bastante inteligente. Na verdade só precisava de aprender a ver o mundo e a comunicar com ele à sua própria maneira. E devido ao seu problema de audição, todos os outros seus sentidos são bem mais apurados do que o normal.

Ele gosta especialmente de usar o seu olfato afiado para caçar as guloseimas que a sua mamãe esconde pela casa.

“Enquanto a outros cachorrinhos algumas coisas possam passar despercebidas, os meus olhos estão treinados a observar tudo, mesmo enquanto durmo, eu pisco os olhos, eu vejo tudo. Sinto as vibrações das portas e os passos de todos e consigo sentir um pedaço de fiambre a mais de 1 quilometro de distância,” escreve Bromilow na pagina de facebook do cachorro, tudo na sua perspectiva. “Aliás, a minha mamãe sempre achou que eu poderia ter tido uma incrível carreira como cachorro farejador!”

Em vez disso, Ivor tem uma carreira promissora como um “aconchegador” de topo.

Ele adora saltar na sua cama para relaxar e aproveita cada oportunidade que tem para isso.

Mas quando não está a ressonar ou a caminhar com a sua mamãe, ele simplesmente ama falar com ela – algo que ele nunca teve antes de ter ido para o abrigo.

Agora ele fica “preso” a cada palavra.

“Ter um cachorro surdo é como ter um cachorro perfeitamente normal”, disse Bromilow. “Nós falamos com ele, fazemos imensos sinais e conversamos imenso”.

Felizmente este cachorro encontrou a pessoa e a família certas para ele. Pessoas que estão dispostas a dar tudo para que ele se sinta bem e integrado, mas principalmente, para que se sinta feliz!