Cachorrinho ama tanto seu dono que o ajuda a empurrar sua cadeira de rodas

ANÚNCIO
ANÚNCIO

Quando a vida fica difícil, nossos animais de estimação podem ser um poderoso apoio – basta olhar para Danilo Alarcon e seu cachorro Digong.

ANÚNCIO

Depois de um acidente de moto há alguns anos atrás, Alarcon ficou incapaz de andar, mas felizmente tem alguém para o ajudar a aliviar esse fardo.

Digong está com a Alarcon desde que nasceu e agora que Alarcon não consegue andar, o cachorro de 7 meses não sai do lado de seu pai. O jovem cão ajuda Alarcon a andar pelas ruas de Davao, nas Filipinas, cutucando a cadeira de rodas com o nariz.

ANÚNCIO

Faith Revilla viu Alarcon e Digong em uma viagem de regresso a casa com seu marido e ao ficar admirada com o que estava testemunhando, Revilla sacou de sua câmera para capturar em vídeo, a visão tocante com que se estava a deparar:

VÍDEO:

“Naquele momento eu só pensei que era realmente incrível e impossível, aquilo que estava vendo”, disse Revilla.

ANÚNCIO

Comovidos por aquilo que viram o cão fazer, Revilla e seu marido pararam para se apresentar – e saber um pouco mais sobre a ligação especial entre Digong e Alarcon.

“Ele é um cachorro muito atencioso”, disse Revilla. “O puxar da cadeira de rodas começou quando Digong viu Danilo parar e descansar enquanto manobrava sua cadeira de rodas. O cachorro do nada começou a empurrar a cadeira de rodas com a cabeça.”

ANÚNCIO

Mas como amizade verdadeira não é uma via de um único sentido, Alarcon fica mais do que feliz em retribuir o favor quando Digong precisa de uma pausa.
“Se o cão se cansar, Danilo deixa que Digong se sente em seu colo e aí ele carrega os dois”, disse Revilla.

“Eu pensei que isso só acontecesse em programas de TV, mas essa era um acontecimento muito real, acontecendo bem na minha frente! Estou sem palavras para descrever minhas emoções agora, disse Revilla.

Revilla convidou a dupla para um almoço em seu restaurante favorito. E nas semanas desde que o vídeo foi capturado pela primeira vez, Alarcon e Digong continuaram a visitar os Revillas.

“Os cães são realmente o melhor amigo do homem”, disse Revilla. “Se realmente nos importamos, respeitarmos e os amarmos, eles certamente farão o mesmo por nós também”.


Gostou da matéria? Compartilhe este artigo. Isso nos ajuda a espalhar bons conteúdos nas redes sociais. Obrigado