Bombeiro salva filhote preso em concreto – e imediatamente se apaixona por ele

Uma família andava de bicicleta num parque da Carolina do Sul, nos Estados Unidos, quando ouviram o choro de um filhote, não tão distante de onde estavam.

Eles deixaram suas bicicletas ao lado da estrada e foram investigar. Cinquenta metros dali, encontraram um cachorrinho preso embaixo de uma pilha de terra e concreto. Sem saber como ajudar, acionaram o corpo de bombeiros local para resgatarem o filhote.

“Eles nos mostraram onde o cachorro estava localizado”, disse capitão Paul Bryant, do Corpo de Bombeiros de North Charleston. “Retiramos pilhas de concreto bastante pesadas de cima do cãozinho, que estava completamente soterrado entre os escombros.”

Depois de retirar os escombros com o auxílio de uma alavanca, o capitão Bryant tentou puxar o filhote para fora, mas ainda não havia espaço suficiente.

Ele então pegou uma pá e começou a cavar, finalmente conseguindo criar um vão grande o suficiente para puxar o confuso e machucado filhote para fora. O resgate foi relativamente rápido: 11 minutos do momento em que o corpo de bombeiros chegou ao salvamento do filhote.

No entanto, ninguém sabe por quanto tempo o cachorro ficou preso ali.

Batizado de Rocky, o cãozinho não conseguia parar de lamber o rosto de Bryant em sinal de gratidão.

O filhote claramente tinha energia e amor de sobra pra dar. Todos ali se apaixonaram por ele – especialmente Bryant. A família que inicialmente encontrou Rocky disse que o levaria para uma clínica veterinária nas proximidades para averiguarem seu estado de saúde e, eventualmente, encontrarem seu dono.

E assim foi feito. No entanto, Bryant não conseguia tirar Rocky da sua cabeça.

Rocky estava perfeito em saúde, mas os veterinários não encontraram seu microchip de identificação (típico de países do hemisfério norte), portanto, ele não tinha família.

Ao saber disso, Bryant decidiu adotá-lo. “Eu queria saber se seu dono foi encontrado, ou se a pessoa que o encontrou iria ficar com ele”, disse. “Uma vez que descobri que ele não tinha um dono e a família que o encontrou não conseguiria adotá-lo, eu o levei para casa, para ficar comigo.”

Bryant sentia-se ligado a Rocky desde o momento em que o resgatou por baixo daquela pilha de concreto, e era como se a dupla tivesse sido destinada a ficar junta. “Eu descobri que seria capaz de adotá-lo, e assim o fiz, dois meses atrás,” relata.

A adoção foi ratificada no abrigo de cães da Charleston Animal Society em fevereiro.

Olha só a felicidade do garotão ao saber que tinha ganho um novo lar para morar!

Rocky agora está acomodado em sua nova casa e não poderia estar mais feliz com o estado atual de sua vida. De preso e sozinho há dois meses para uma casa enorme e um pai que o ama muito!

“Ele é um cão muito enérgico e gosta de brincar com seus novos brinquedos”, disse Bryant. “Ele está sempre ao meu lado, me segue pra todo canto que vou.”


Gostou da matéria? Compartilhe este artigo. Isso nos ajuda a espalhar bons conteúdos nas redes sociais. Obrigado!

Tradução e adaptação por Portal do Animal, escrito por Gabriel Pietro, da matéria originalmente criada por The Dodo.

Estudante se torna ‘mamãe’ de um burrinho que só precisava de carinho
Exausto e de olhos lacrimejantes. Urso polar aparece em cidade na Sibéria
Jovem recebe visita “mágica” de pequena borboleta e comove as redes sociais
4 quadrinhos hilários explicando porque os gatos são melhores que os cachorros
Motorista perde o controlo e derruba 11 postes no interior de SP ao desviar de cachorro
Foto de cachorro abraçando seu amigo em abrigo viraliza e acaba salvando as suas vidas
Cachorro perdido pede ajuda em farmácia e recebe o melhor atendimento que podia imaginar
Cachorro abandonado com cadeirão e TV pensava que seu dono voltaria para pegar ele
Gato se esconde em carro e aparece no velório de dona que morreu em acidente de ônibus
Morreu Grumpy, o gato que inspirou milhões com seus memes na Internet
Gato estraga fones de ouvido, dono reclama, e ele volta com uma cobra como “substitutivo”
Gatinha recém-nascida não para de sorrir após ser resgatado das ruas