Após seu dono idoso falecer, cadelinha fica sozinha e precisa agora de uma família amorosa

ANÚNCIO
ANÚNCIO

No início deste ano, o pai adotivo da cadela Malta, da raça Fila de São Miguel, faleceu subitamente, deixando-a sem família e sem lar.

ANÚNCIO

O homem já era idoso e morava sozinho com Malta, que atuava como uma cadelinha de terapia no dia a dia.

Com o falecimento do dono, a cachorra ficou desalojada e tem procurado uma nova casa para morar.

ANÚNCIO

Ela é bastante dócil, amorosa e tranquila, e provavelmente não terá problemas com seus novos tutores. Ainda assim, não conseguiu arranjar uma família, estando na fila de adoção do canil há dois meses…

Leia também: Família devolve cachorrinha para abrigo após decidir mudar de casa: ‘Zero comprometimento com ela’

ANÚNCIO

“Olá, chamo-me Malta, sou uma fila de São Miguel, procuro uma casa onde me amem como membro de uma família, o meu dono morreu e eu morava só com ele, agora estou desalojada dá casa onde morava está sendo vendida e não quero ficar na rua”, escreveu a internauta Martha Adam em um post compartilhado no Facebook.

A publicação de socorro foi compartilhada mais de mil vezes em questão de horas, conclamando os internautas a ajudarem a cachorrinha.

ANÚNCIO

Leia também: Gatinho com AIDS felina é resgatado das ruas e tem sua aparência transformada em abrigo

Você pode entrar em contato com Martha para ajudá-la a providenciar um novo lar para Malta clicando aqui.

O cão de Fila de São Miguel é uma raça de cão pastor originária da Ilha de São Miguel no arquipélago dos Açores, Portugal. São bastante raros e precisam de atenção redobrada dos donos.