Após algum tempo em coma, homem desperta depois de ouvir o latir de seu cachorrinho

ANÚNCIO
ANÚNCIO

O cachorro, para muita gente (e felizmente para uma grande maioria), se torna um membro da família exatamente igual a todos os outros. E a gente ainda pergunta, como poderia não ser assim? Que outra possibilidade existiria? Os cachorros preenchem nossos corações e nossas casas e famílias com todos o amor e felicidade, ainda nos mostrando gratidão pelo cuidado e amor que lhes damos de volta.

ANÚNCIO

E o pequeno Teddy era assim mesmo, considerado como um verdadeiro filho pelo casal Szasz, mas eles nunca haviam imaginado que um dia ele salvaria a vida de um deles.

Após Andy Szazs chegar no hospital com uma grave pneumonia, o tratamento se mostrou problemático logo de começo.

ANÚNCIO

Para contextualizar, como Andy estava sendo tratado para um câncer de intestino, os tratamentos para a pneumonia estavam interferindo negativamente com seu tratamento para o câncer.

Assim, as condições de saúde dele se deterioraram bastante e ele acabou entrando em coma. Após o coma, os médicos aconselharam sua esposa a ficar do seu lado tentando conversar com ele e entretê-lo. Mas nesse momento, sua esposa pensou fazer algo que Andy iria amar certamente.

Ela se lembrou de Teddy e como ele poderia ajudar seu marido nesse processo e então pediu para a equipe médica para levar seu cachorrinho para o hospital. Após algum ponderação e dadas as condições em que o homem se encontrava, os médicos concordaram.

ANÚNCIO

E no momento em que Teddy viu Andy deitado naquela cama de hospital, o inimaginável aconteceu: dada a emoção de ver seu amado dono novamente após tanto tempo, o cõazinho desatou a latir e Andy nesse momento acordou do estado de coma em que se encontrava até a alguns minutos antes.

E talvez fosse isso mesmo que Andy estava precisando, da visita honesta e apaixonada de seu amigo peludo. E Andy, de tão feliz que ficou, não faz nada além de dizer a todo mundo que salvou o pequeno Teddy, para que, para obra do destino, o cachorro acabasse no final também por salvar a ele. Embora a gente não tenha forma de saber qual teria sido o fim da história se Teddy não tivesse cruzado o limiar do hospital, podemos porém refletir sobre o efeito magnífico que teve sua presença.

ANÚNCIO

Agora Teddy se tornou um cão de terapia no hospital onde o seu dono esteve internado, acompanhando os pacientes em seu caminho de reabilitação física e psicológica, assim como fez com seu dono depois que acordou.

Uma linda e maravilhosa história que nos relembra que os animais não são só ‘apenas’ animais de estimação. Eles são capazes de fazer nossos corações vibrarem e de nos lembrar de como a vida pode ser de fato boa!