ANÚNCIO

Todos os dias, os funcionários da ONG de resgate animal ‘Capital Area Humane Society’ em Lansing, Michigan (EUA), veem dezenas de animais de estimação em situação de rua serem resgatados e chegarem ao abrigo.

Esses cães e gatos acolhidos carregam consigo inúmeras histórias de negligência, abandono e maus-tratos passados.

ANÚNCIO

Leia também: Mulher adota cachorrinha com deficiência e cria prótese sob medida para ela poder se locomover

Recentemente, um cachorro resgatado chegou à sede da entidade em um estado tão grave que os voluntários não tinham ideia de como o cão estava vivo – e por quanto tempo continuaria a subsistir.

ANÚNCIO

O cachorrinho estava coberto de fezes e urina, da cabeça aos pés. Além disso, tinha dezenas de ferimentos abertos por todo o corpo. Os voluntários do abrigo imediatamente tomaram a responsabilidade pelo cachorro e lhe deram banho, medicamentos, água e comida.

Leia também: Cãozinho faminto abandonado em lixeira é finalmente resgatado e acolhido por abrigo

ANÚNCIO

Mais tarde, batizaram-no de Ralphie. Ele passou dias internado na ala veterinária da Capital Area Humane Society até se estabilizar e deixar de ser considerado ‘com risco de vida’.

Hoje, em meio à recuperação, Ralphie já abana o rabo quando é chamado, fica de bom humor quando é instigado a brincar e adora abraçar e dar lambeijos em seus cuidadores.

Enquanto isso, o abrigo trabalha com as autoridades para encontrar o criminoso que deixou o cachorrinho em tais condições. “É muito importante que responsabilizemos pessoas como essa. Isso não pode ser tolerado em nossa comunidade”, afirmou Julia Willson, fundadora da Capital Area.

Você pode gostar: